This domain has recently been listed in the marketplace. Please click here to inquire.

spamcheckr.com

Início Authors Posts by Tribuna da RIDE

Tribuna da RIDE

782 POSTS 0 COMENTÁRIOS

0 183

Matéria de responsabilidade do Gabinete do vereador Professor Silvano

O vereador Professor Silvano apresentou Projeto de Lei, que tem como objetivo garantir a segurança das pessoas que utilizam os bancos fora do horário bancário, reduzindo o risco de explosões e roubos a caixas eletrônicos e também garantir a segurança dos trabalhadores da área de vigilância bancária, estabelecendo a manutenção de serviços de segurança privada, prestados por profissionais dessa área em situação regular, de acordo com a legislação vigente e de forma ininterrupta, durante as 24 horas do dia, nas áreas destinadas aos caixas eletrônicos das instituições financeiras e/ou de crédito.

Cabe destacar que o roubo a caixas eletrônicos vem substituindo os assaltos a bancos e a fragilidade do sistema de segurança bancária, especialmente no que diz respeito à preservação da vida e da saúde, expõe os bancários, seus familiares, os servidores da área de vigilância, clientes e das proximidades a risco de morte, sequestros relâmpagos, roubos aos aposentados, traumas, marcas e sequelas, que poderão refletir futuramente sobre a saúde física e mental de quem se torna vítima da violência.

Para o cumprimento da lei e a execução da atividade proposta de forma eficaz, são necessários no mínimo 02 (dois) vigilantes por turno para cada local, afirma o Vereador Valparaisense Professor Silvano, autor da propositura.

0 431

Por Danilo Pinto

Apesar de a Prefeitura de Valparaíso de Goiás já ter recebido mais de R$ 1,3 milhões este ano, destinados à merenda escolar, a Escola Monteiro Lobato encaminhou recado aos pais e responsáveis, comunicando a suspensão do Programa Mais Educação, sob alegação de falta de merendeiras.

Segundo o comunicado, a Secretaria Municipal de Educação já teria sido comunicada e o retorno do atendimento à comunidade estudantil dependerá da solução a ser apresentada pela entidade.

Apesar do momento delicado por que passa o Brasil, com montanhas de dinheiro sendo roubadas do povo por políticos irresponsáveis e uma gestão ilegítima, sustentada por compra de deputados e do judiciário, não parece que tenhamos chegado ao ponto de cortar merenda das crianças.

Se compararmos gestões, veremos que um dia sem merenda na gestão da ex-prefeita Lucimar Nascimento, por problema com fornecedor, era tratado pelos atuais gestores como uma aberração e, os mesmos críticos do passado, cortam merenda e aulas por tempo indeterminado e ainda tem a cara de pau de pedir compreensão dos pais e responsáveis.

À medida que o tempo passa a sociedade toma consciência de que a atual gestão é um embuste, capaz de sacrificar os mais frágeis, para manter seus privilégios. Enquanto isso, os problemas da cidade se avolumam, sem solução, sem explicação e sem atenção do Prefeito e de sua madrinha, que tanto prometeram resolver os problemas criados por eles mesmos, ao sustentarem um governador que ignora a existência de Valparaíso de Goiás.

Comunicado da suspensão de aulas por falta de merenda

Por Danilo Pinto

No início do mandato, o Prefeito Ivan Almeida apresentou à sociedade o estado de sucata em que foi entregue a frota do município. Dentre os equipamentos, uma Patrol, que deveria ser utilizada para manutenção das estradas vicinais.

Ivan utilizou recursos próprios do município, para consertar a Patrol, com o objetivo de poder recuperar as estradas do município, que estão em péssimo estado. A falta de manutenção na gestão passada, fez com que as principais estrada rurais entrassem em estado crítico de degradação, algumas quase intransitáveis.

O Prefeito anunciou o início dos trabalhos de recuperação das estradas para esta segunda-feira (18), a começar pela estrada que liga Ibiquera ao entroncamento com Boa Vista do Tupim. As crateras nesta estradas já fizeram alguns aniversários e colocam em risco a vida de quem passa por elas. Em alguns trechos é possível que um carro inteiro seja engolido pelas valas laterais.

Ivan chama a atenção para o alto custo de recuperação das estradas, quando estas passam tantos anos sem receber manutenção: “Estas estradas não receberam manutenção nos últimos anos. Prova disso é o estado de sucata em que recebemos as máquinas. Durante os primeiros oito meses de gestão, recebemos diversas reclamações e fizemos um grande esforço para consertar a Patrol e garantir o direito de ir e vir, em segurança, para nosso povo. Se tivessem cuidado das estradas nos últimos anos, os recursos que vamos gastar para este serviço, poderiam ajudar a resolver outras necessidades. Mas este é o custo do abandono por que Ibiquera passou nos últimos 20 anos.

Mesmo em meio a uma grave crise econômica, Ivan continua buscando meios para recuperar os demais veículos e máquinas do município, além de garantir o funcionamento dos serviços essenciais.

Por Danilo Pinto

O Prefeito de Ibiquera-BA, Ivan Almeida, reuniu sua equipe de gestão, em destaque a Comissão Organizadora das Festividades de Aniversário da Cidade, para avaliar os resultados. A reunião ocorreu nesta terça-feira (29).

O objetivo do encontro foi avaliar o trabalho realizado, identificando os pontos de acerto e eventuais distorções, em relação ao que foi planejado e executado.

As comemorações duraram 20 dias e contaram com a participação de todas as secretarias municipais e levaram para as ruas e instituições, tanto na sede quanto na zona rural, muita atividade cultural, serviços públicos e festas.

Dentre os destaques nas avaliações da equipe, a cultura chamou a atenção. A comissão abriu espaço para diversas manifestações culturais, permitindo o conhecimento de talentos até então escondidos. Outro fator que chamou a atenção foi a participação das equipes de saúde e assistência social, que acompanharam as atividades, garantindo atendimento à população envolvida.

Já a equipe da educação envolveu as escolas públicas e conseguiu atrair contribuições de outros municípios, como as apresentações vindas de Lajedinho e de Wagner, que em muito contribuíram para o brilho da festa, além de abrir caminho para um importante intercâmbio cultural entre os vizinhos. Ibiquera possui muito o que mostrar e esta parceria com cidades vizinhas vai abrir espaço para isso.

Mas a avaliação mais importante mesmo é a do povo e isso ficou bem claro. Todos os presentes na reunião declararam ter ouvido elogios de todas as partes, inclusive dos visitantes, que vieram de todas as cidades da região e ajudaram a lotar a cidade. Os comentários gerais dão conta da maior Festa do Vaqueiro da história do município.

As informações coletadas na reunião servirão de base para o planejamento dos próximos eventos, de modo que sejam ainda mais bem sucedidos do que as comemorações de aniversário. O Prefeito Ivan Almeida foi enfático nisso: “Precisamos ficar atentos aos resultados do que realizamos e essa reunião serve para parabenizarmos oficialmente a equipe pelo belíssimo trabalho que fizeram, mas também para conhecermos as dificuldades que encontramos e buscarmos formas de supera-las em eventos futuros. É assim que aprimoramos nosso trabalho, sempre buscando ir além. Meu muito obrigado a todos que se empenharam em realizar esta festa”” Declarou Ivan.

Por Danilo Pinto

Na sequência dos avanços da área de saúde pública em Ibiquera-BA, o Prefeito Ivan Almeida levou atendimento médico domiciliar aos moradores da comunidade do Rio Seco. A cidade que não tinha atendimento na sede, agora leva os médicos até as casas das pessoas, na zona rural.

São visíveis os avanços da saúde pública municipal de Ibiquera, após quase oito meses da gestão Ivan Almeida. Além da melhoria no atendimento da sede, que conta com equipe de enfermagem e médicos de plantão, especialistas, exames de imagem e laboratoriais, dentre outros, a comunidade rural passou a ser assistida nas suas casas.

Somente nesta terça, mais de 50 pacientes foram atendidos, sem precisarem se deslocar até a sede do município. Esta comodidade permite que as pessoas cuidem da saúde, sem depender de deslocamentos, muitas vezes difíceis, para buscarem um posto de saúde ou hospital.

O atendimento é realizado por uma equipe completa de profissionais, que percorre as comunidades rurais do município, levando consigo material de trabalho e muita dedicação. Nesta terça-feira (29) foi a vez da comunidade do Rio Seco, mas outras localidades, como Munduri e Floresta já receberam a equipe, que vai continuar levando saúde pra roça.

O Prefeito Ivan Almeida resolveu investir em um programa de saúde preventiva, no qual a equipe percorre o município, levando atendimento até as pessoas. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, cuidar das pessoas para que não fiquem doentes, além de ser muito mais interessante para o paciente, que poderá evitar problemas futuros, ajuda a economizar recursos. “Fica muito mais caro tratar do paciente, depois que ele adoece e procura atendimento. Nossa meta é evitar que as pessoas adoeçam, oferecendo a elas um atendimento humanizado e orientando-os para práticas saudáveis, que permitam uma melhor qualidade de vida. Assim fica mais fácil aplicar nossos poucos recursos, obtendo resultados ainda melhores, para manter uma população mais saudável.” Declarou a Enfermeira Danusa Pinto, responsável pelo atendimento médico na zona rural.

Outra vantagem de ir até o paciente é a possibilidade de diagnosticar e tratar algumas doenças ainda na fase inicial, permitindo uma recuperação mais tranquila e evitando que o mal se agrave, colocando em risco a vida do paciente.

Além de ir até o paciente, a equipe leva consigo todo o material e medicamentos de que pode precisar, para realizar o atendimento.

Médicos na zona rural são uma amostra dos investimentos em saúde

0 1093

Por Danilo Pinto

Mais um roubo a comércio em Wagner-BA, desta vez na Lopes Calçados, no Centro da cidade.

Envolta em uma onda de roubos, Wagner parecia respirar, mas a trégua durou pouco. Na madrugada desta segunda (28) bandidos arrombaram o teto da Lopes Calçados, no Centro da cidade e levaram mercadorias, além de causarem avarias no imóvel e na mobília.

Recentemente, mesmo não gerando repercussão na mídia, um outro comerciante foi assaltado. O comerciante reconheceu os bandidos e teria dado queixa à mãe dos delinquentes. Em represália, os marginais retornaram ao estabelecimento, que fica no bairro do Egito, e agrediram o proprietário, causando revolta em familiares e amigos.

Diante de tantos casos de roubos e assaltos, de agressão a idosos durante assaltos, a sociedade não percebe qualquer ação do Poder Público, no sentido de reforçar a segurança ou coibir estes atos criminosos. Apenas uma Delegada e dois policiais atuam lotados em Wagner, o que já seria insuficiente. Para piorar a situação, esta mesma delegada responde por várias cidades ao mesmo tempo, dificultando o acesso dos moradores, em caso de emergência policial.

Enquanto governantes dormem, a sociedade paga o pato da falta de representação e do descaso. Até quando?

Por Danilo Pinto

O município de Ibiquera ganha mais uma Equipe, o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). O NASF é uma equipe composta por profissionais de diferentes áreas de conhecimento, que deve atuar de maneira integrada e apoiando os profissionais das Equipes Saúde da Família e das Equipes de Atenção Básica para populações específicas, compartilhando as práticas e saberes em saúde nos territórios sob responsabilidade destas equipes.

Criado com o objetivo de ampliar a abrangência e o escopo das ações da atenção básica, bem como sua resolubilidade, o NASF deve buscar contribuir para a integralidade do cuidado aos usuários do SUS, principalmente por intermédio da ampliação da clínica, auxiliando no aumento da capacidade de análise e de intervenção sobre problemas e necessidades de saúde, tanto em termos clínicos quanto sanitários e ambientais dentro dos territórios.

Esta é mais uma conquista da gestão “Nasce uma nova Ibiquera”, liderada pelo Prefeito Ivan Almeida. Ivan, que por Lei é obrigado a investir 15% da arrecadação do município em saúde, está aplicando muito mais que isso, superando a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. A Chegada do NASF será um grande reforço a este trabalho, que já mudou a forma de cuidar da saúde das pessoas em Ibiquera. “Ao longo de muitos anos, a população de Ibiquera sofreu com a falta de assistência em saúde. Nossa principal meta é inverter este quadro e garantir a assistência do município, para que as pessoas possam viver melhor. O NASF será mais um reforço neste trabalho, mais um passo dado, em meio à superação. Ibiquera merece o melhor e estamos trabalhando para isso!” Declarou Ivan.

Por Danilo Pinto

A Prefeitura de Ibiquera-BA, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou treinamento para preparar Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias, para a vacinação canina.

A ação, que foi realizada na Fazenda Alto do Coqueiro, teve o objetivo de preparar a equipe, para a Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica, que terá início no dia 01 de Setembro, estendendo-se até o dia 16 de Outubro. O objetivo é quebrar a cadeia de transmissão da raiva humana, vacinando animais domésticos (cães e gatos) da zona urbana e rural. Oito agentes foram treinados e estão aptos para a campanha.

O Prefeito Ivan Almeida determinou o treinamento, tanto para garantir que os animais sejam vacinados de forma segura e eficiente, quando para preparar os vacinadores e evitar acidentes. “Queremos vacinar cães e gatos de toda a cidade e zona rural, mas com segurança. Decidimos pelo treinamento, para garantir condições adequadas para o trabalho, tanto para que os animais sejam vacinados sem maus tratos e com eficiência, quanto para que nossos profissionais sejam protegidos de eventuais acidentes de trabalho.” Declarou Ivan.

Em quase oito meses completos de governo, Ivan revolucionou a saúde pública em Ibiquera, tanto pela melhoria do atendimento nas unidades de saúde, melhor aparelhadas e com equipes completas e especializadas, quanto pelo atendimento domiciliar, que tem levado médicos, enfermeiras e agentes de saúde para atenderem pacientes em casa, na zona rural. Este treinamento é mais uma demonstração de cuidado com a saúde da população, não só vacinando animais, mas vacinando com eficiência e segurança.

Por Danilo Pinto

A Prefeitura de Ibiquera abriu para visitação o Museu olho D’água do Cedro, que conta a história do município e resgata história de pessoas ilustres da cidade.

Além da história de Ibiquera, o museu também apresenta uma visão organizada dos primeiros 180 dias da gestão “Nasce Uma Nova Ibiquera”, liderada pelo Prefeito Ivan Almeida. A ação é parte do projeto do Prefeito de manter a prestação de contas em dia, dando satisfação à sociedade ibiquerense, sobre a atuação do governo. Ivan acredita que o povo precisa ser informado sobre a gestão, para poder aproveitar melhor os serviços públicos oferecidos e também fiscalizar a gestão. “Ibiquera está se reinventando, com muitos avanços em todas as áreas de governo e acreditamos que a prestação de contas permite ao povo acompanhar melhor o que estamos fazendo, aproveitar os serviços oferecidos e acima de tudo, fiscalizar nosso trabalho, afinal, somos empregados do povo e é para ele que devemos satisfação.” Declarou.

O Museu está aberto para visitação no Salão Nobre da Prefeitura Municipal, desde o dia 23 de agosto, das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 horas.

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) participou na última quinta (17) do II Mutirão de Reflorestamento do Rio Utinga, realizado pela Comissão Pastoral da Terra de Ruy Barbosa e o Assentamento São Sebastião de Utinga (MST), na Chapada Diamantina. Representantes de Lajedinho, Andaraí, Lençóis, Wagner, Utinga, Piritiba e Ruy Barbosa participaram do evento, que convidou esforços de todas as esferas pela preservação e restauração florestal na bacia, com plantio simbólico de mudas. Também foi lançada a Campanha de Conservação da Bacia Hidrográfica do Rio Paraguaçu. Na oportunidade, o secretário estadual do Meio Ambiente, Geraldo Reis, anunciou investimento de R$ 1,4 milhão, fruto de um termo de compromisso firmado com o Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), para implantação de projeto de restauração e revitalização do rio Utinga.

“Estamos trazendo aqui a proposta de alinhar com as entidades interessadas um projeto para a microbacia, conforme os pleitos já apresentados pelos indígenas Payayá e o Assentamento São Sebastião de Utinga, do MST, ambas as comunidades que vêm atuando em defesa da revitalização o rio. O recurso de R$ 1,4 milhão poderá restaurar cerca de 150 hectares de matas ciliares”, disse Reis. A chefe de gabinete da Sema, Iara Icó, reforçou que “o edital do projeto irá considerar os pleitos das comunidades e os conhecimentos tradicionais. Técnicos da Sema e Inema estão na região, mapeando áreas para restauração e incorporando as demandas locais para elaboração do Termo de Referência”. A região já foi objeto de investimentos anteriores da Sema, com o projeto Semeando Águas no Paraguaçu, realizado em parceria com a ONG Conservação Internacional.

O Rio Utinga tem cerca de 70 km de extensão e passa pelos municípios de Utinga, Wagner, Lajedinho, Lençóis e Andaraí. Sua nascente fica localizada na comunidade Cabeceira do Rio, comunidade indígena Payayá, onde se forma uma grande represa. Segundo o secretário de Agricultura de Wagner, Wanderley Almeida, “somando todos os assentamentos, cerca de 1200 famílias vivem na parte de baixo do rio e dependem dele para sua subsistência. O rio Utinga é essencial para seu desenvolvimento econômico e social”. Rogério Mucugê, da ong Conservação Internacional, lembrou que o Utinga é afluente importante do rio Paraguaçu, que por sua vez é responsável pelo abastecimento de cerca de 60% da água de Salvador.

“Aqui é a caixa d´água de Salvador, mas está secando. Não temos mais a mesma quantidade de chuvas e a fartura de água de antes. Novos tempos exigem novos comportamentos. Não podemos tratar a Chapada Diamantina como antes”, disse. A liderança do MST, Wilson Pianissola, historiou as secas recentes pelas quais passaram o rio, em 2016 e 2017, que fizeram o fluxo do rio ser interrompido pela primeira vez. “E o volume de água já está baixo novamente. Nossa luta agora é pela terra, pela água e pela vida”, disse.

Após o evento, o secretário Geraldo Reis e a comitiva da Sema e Inema visitaram a comunidade Cabeceira do Rio para conhecer a nascente do Utinga. O Cacique Juvenal Payayá contou que a vazão da nascente se mantém inalterável apesar das crises hídricas, e mostrou o trabalho feito pela comunidade, com o apoio do Governo do Estado, de retirada das taboas, de forma a evitar a cobertura do rio pelas plantas aquáticas e impedir seu fluxo. A liderança indígena ressaltou o cuidado do trabalho, que não provocou impactos às margens e matas ciliares existentes.

“Nós índios acreditamos que Deus está presente na água. Nós queremos respeito pela vida”, afirmou o cacique Juvenal Payayá. O secretário do Meio Ambiente realizou ainda um rápido encontro com produtores agrícolas da região, também preocupados com a questão hídrica na Chapada Diamantina. Com propriedades rurais de cerca de 10 hectares, eles produzem, especialmente, frutas, como a banana. A construção de um barramento, com o objetivo de perenizar o rio e garantir a continuidade da geração de emprego e renda na região, foi o pleito apresentado pelos produtores. As informações são da Sema.

O Rio Utinga sempre foi a referência hídrica da região e por muitos anos socorreu as cidades vizinhas com carros pipa na época das secas, mas hoje é ele quem agoniza, secando rapidamente, em meio ao uso desordenado de suas águas na agricultura e pelo desmatamento de suas margens.

No último dia 20 uma foto assustou moradores da cidade de Wagner-BA. No mesmo local em que, anos atrás, um adulto seria encoberto pelas água, hoje um cavalo atravessa sem que a água lhe cubra os cascos completamente. Levando em consideração que não estamos no período de seca, a situação de fato preocupa e muito.

Moradores de cidades banhadas pelo Rio Utinga realizam campanhas em redes sociais, na busca de sensibilizar governantes para o problema e parece, que deu resultado. Enfim, o socorro promete chegar.

Texto de Salvador Roger, com adaptações

FIQUE CONECTADO

post