Início Notícias Marconi dá calote de mais de 2,5 milhões na saúde de Valparaíso...

Marconi dá calote de mais de 2,5 milhões na saúde de Valparaíso de Goiás

0 501
Por Danilo Pinto

Por Danilo Pinto

O governador Marconi Perillo (PSDB) vem retendo a verba do Fundo Constitucional da Saúde de pelo menos 100 municípios em todo o estado. Somente em Valparaíso, o calote supera a marca de R$ 2,5 milhões . Apesar do calote, os serviços de saúde continuam funcionando.

A saúde pública de Valparaíso de Goiás continua a ser destaque de qualidade em toda a região. Prova disso é que 50% dos atendimentos na emergência médica da cidade corresponde a moradores de cidades vizinhas e do Distrito Federal. Mas esta realidade esconde um crime contra a saúde pública, cometido pelo governador de Goiás, Marconi Perillo. O atraso no repasse do fundo constitucional da saúde, que já ultrapassou a marca de 2,5 milhões de reais, coloca em risco o abastecimento das farmácias populares e o custeio das atividades das unidades de saúde.

Apesar disso, o governo municipal tem conseguido realizar um bom atendimento e se manter como referência regional, mas isso a um custo muito alto. A prefeitura está sendo obrigada a utilizar a arrecadação própria, para cobrir gastos que por Lei, deveriam ser custeados pelo estado de Goiás.

Denunciamos o calote na semana passada, mas vereadores de oposição, que são pré-candidatos a prefeitos, apresentaram documento demonstrando o pagamento. Só esconderam que este pagamento estava relacionado apenas com o ano de 2015, cujos valores estão sendo repassados por força de um Termo de Ajustamento de Conduta, que o governador foi obrigado a assinar.

Os valores referentes a 2013 somente foram pagos em setembro deste ano, deixando o município no sufoco por pelo menos dois anos. Já as verbas de 2014 continuam em aberto e já existem atrasos nas contas de 2015, que até o fechamento desta matéria, somente haviam sido pagas até agosto, completando um atraso de mais de 60 dias.

A prefeitura informou à redação da Tribuna da RIDE que não deixará de atender à população, mas que conta com o pagamento da verba atrasada, para aliviar os cofres públicos, sufocados pelo calote.

Após a quitação da dívida de 2013, em setembro passado, o governador ainda deve a Valparaíso R$ 2.289.644,08 referente a 2014 e R$ 312.853,02 de 2015.

Não se pode afirmar que estes atrasos tenham a intenção de prejudicar a gestão da prefeita Lucimar Nascimento (PT), já que o PSDB deverá lançar Leda Borges candidata em 2016. Mas a Associação Goiana de Municípios contabiliza 14 meses de atrasos para pelo menos 100 municípios em todo o estado, na maioria, adversários políticos do governador.

Nos relatórios anexados abaixo é possível acompanhar a evolução dos pagamentos, com valores e datas de quitação. Os valores destacados correspondem à dívida de cada setor. Aonde não estiver mencionado o pagamento, é calote:

Relatório de pagamentos, página 01

01

Novo Documento 10_2

02

03

03

Relatório de 2014:

01

01

02

02

03

03

04

04

Relatório de 2015:

01

01

02

02

03

03

04

04

Publicidade:

Para anunciar ligue 61 8101-7091 8602-9409 9863-2203

Para anunciar ligue 61
8101-7091
8602-9409
9863-2203

NENHUM COMENTÁRIO

Faça um comentário