Início Notícias Cidades População de Valparaíso amanhece sem transporte

População de Valparaíso amanhece sem transporte

0 578

Danilo Silva Pinto

Rodoviários da Viação Anapolina cruzam os braços e população não consegue ir trabalhar na manhã desta terça-feira

Paradas de ônibus lotadas, pessoas sem saber como chegar ao trabalho, irritação, desilusão. Estes são alguns dos ingredientes que compõe o café da manhã da população de Valparaíso de Goiás na manha desta terça-feira. Os rodoviários da Viação Anapolina (VIAN) iniciaram mais uma paralisação por conta de atrasos nos salários, que deveriam ter sido depositados até a última sexta-feira. Segundo informou o sindicato da categoria, em outras cidades do entorno os salários também não foram depositados.

O Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Entorno Renan Rocha disse ao Correio Brasiliense que a situação é crítica em Luziânia, Valparaíso, Cidade Ocidental, Jardim Ingá e Novo Gama e que essa paralisação de hoje é o início de uma revolta dos trabalhadores.

A população do entorno que já sofrem com um transporte depreciado, linhas insuficientes e constantes quebras de veículos, agora precisa lidar com constantes paralisações, provocadas pelo descaso da Viação Anapolina com os seus colaboradores. Passageiros que aguardavam ônibus na parada da entrada da Etapa A estavam revoltados. As reclamações contra a VIAN são frequentes e possuem coro em todas as regiões atendidas pela empresa. Revoltada, passageira que não quis se identificar sonha com solução para o problema: “Se a empresa não investe em manutenção da frota, não compra carros novos e submete a população ao uso destas latas velhas, aonde está indo parar o dinheiro da passagem cara que pagamos? O mínimo que se esperava é que pagassem os funcionários em dia.”

 

NENHUM COMENTÁRIO

Faça um comentário