Início Tags Posts tagged with "Reis"

Reis

0 729

A nomeação de Ary dos Reis, editor do site Conexão Esporte e um dos grandes entusiastas do esporte valparaisense é um reconhecimento aos seus esforços, enquanto servidor público focado no fomento e na gestão do esporte e enquanto jornalista esportivo, que sempre acompanhou e investiu no esporte do município.

A Prefeita Lucimar Nascimento foi muito feliz na escolha, ao nomear um dirigente reconhecido no meio esportivo e que com ou sem estrutura e recursos, jamais deixou de atuar pelo desenvolvimento do esporte local, pela inclusão de jovens através do esporte e pelo reconhecimento da importância de investimentos em esporte, como agente de proteção aos jovens contra a criminalidade.

Parabéns e sucesso Ary dos Reis!

0 503
Por Danilo Silva Pinto

Por Danilo Silva Pinto

A Associação dos Moradores do Parque Rio Branco, em Valparaíso de Goiás, promoveu um torneio de futebol para crianças e adolescentes. A competição, encerrada neste domingo (19), tem por objetivo oferecer oportunidade de inclusão para jovens do bairro, que poderiam ser atraídos pelo crime, na falta de quem lhes assista.

O Presidente da associação, Irmão Osvaldo, falou da importância de cuidar dos menores. “A mais de 20 anos cuidamos da juventude, oferecendo oportunidades e assistência. O futebol é uma das ações que incentivamos aqui e serve para, além de oferecer diversão e promover saúde, evitar que as crianças sejam recrutadas para o crime. A taxa de criminalidade em nosso bairro é muito alta e se ninguém cuidar da criançada, eles acabarão por fazer parte das estatísticas. Se depender de nossos esforços, nenhuma criança vai entrar no mundo das drogas.” Declarou Osvaldo.

O Presidente fez questão de agradecer o patrocínio do amigo Antônio Reis, morador de Valparaíso a mais de 35 anos e um dos pioneiros da cidade. “O Reis tem sido um grande parceiro neste nosso trabalho. Está sempre disposto a colaborar e desta vez nos ajudou com a premiação e com o lanche das crianças. Que bom seria se tivéssemos mais pessoas com este comprometimento e esta disposição de cuidar das pessoas.”

Outro colaborador lembrado pelo Presidente foi o Assistente Social voluntário da Associação. “Audinei é um grande amigo, que jamais nos deixou na mão. Quando fiquei impedido de tocar o trabalho por questões de saúde, ele assumiu e cumpriu muito bem seu papel. Mesmo sendo morador de Brasília, está sempre ao nosso lado, ajudando a cuidar das crianças de Valparaíso.” Afirmou Osvaldo.

Além dos dois colaboradores citados, a esposa de Osvaldo, Irmã Leda, foi lembrada. Osvaldo se emocionou ao falar da esposa, que está sempre ao seu lado, acreditando e incentivando o projeto. “Contar com uma companheira dedicada e estimuladora faz toda a diferença. Ela trabalha duro para as coisas acontecerem”. Declarou.

Osvaldo chamou a atenção para a falta de atenção do poder público. Segundo relatou, nenhuma ajuda chega por parte de governantes e o projeto acaba sendo financiado por ele próprio e por amigos, que ajudam como podem. Para o presidente da associação, uma ajuda efetiva do governo poderia alavancar os trabalho e fortalecer o combate à violência contra as crianças.

O campo de terra aonde o torneio foi realizado é improvisado, em terreno cedido temporariamente por uma empresa privada. Não possui qualquer infraestrutura e apenas uma tenda improvisada, também cedida por amigos, serve de abrigo para o suprimento de água, fornecido aos jogadores durante as partidas.

Osvaldo sonha com o dia em que a associação contará com uma quadra de esportes no bairro e recursos para poder promover mais ações em favor da população. Questionado sobre a possibilidade de usar o ginásio de esportes que fica atrás do Batalhão da PM, Osvaldo disse não ser possível, já que a administração do ginásio alega não ter espaço para abrigar novas atividades, por conta de torneios já realizados no local.

Jpeg JpegJpegJpegJpegJpegJpeg

Publicidade:

Anúncio Jornal

segunda logo

11134422_744751222308808_737234132_n

0 691

As atenções se voltam para a nova composição do PSB de Valparaíso de Goiás, que aparece em cena como a nova força política do município.

Em evento realizado na Mansão Cristal, no bairro Jardim Céu Azul, na tarde do último sábado (23), o PSB de Valparaíso de Goiás cumpriu a proposta de apresentar um grupo forte e representativo, que desponta como uma promessa de grandes surpresas para as eleições de 2016.

A presença de diversos veículos de imprensa e autoridades e lideranças do município e de cidades vizinhas como Novo Gama, Cidade Ocidental e Luziânia são uma demonstração do peso que o novo PSB representa para o cenário político de 2016, no qual poderá inclusive lançar candidatura própria para Prefeito, além de lançar um quadro de candidatos a vereador de impôr respeito.

Compareceram ao evento autoridades como a Deputada e Secretária de Estado Leda Borges (PSDB), Eldon Mulatinho representando a Senadora Lúcia Vânia, que inclusive deverá integrar o quadro do PSB estadual em breve, aproveitando a janela aberta pela fusão entre PSB E PPS, Berilo Leão, representando a Prefeita Lucimar Nascimento (PT), presidente da Câmara Municipal Elvis Santos (SD), vereadores Professor Silvano (PT), Afrânio Pimentel (PR), Pábio Mossoró (PSDB), vereadora Ângela Pessoa (PSC), vereadora Edna de Luziânia, presidentes de pelo menos 8 partidos políticos, ex vice prefeito Adolfo Lopes, entre outras figuras públicas de grande influência na política regional.

A quantidade de autoridades e líderes políticos presentes ao evento é, em si só, uma demonstração da importância que representa o PSB para as eleições de 2016, mas para a nova Executiva o importante agora é continuar fortalecendo o partido, ampliar as filiações e concluir a fusão com o PPS.

Sobre a fusão, o Presidente Municipal do PPS, Vargas Alves, declarou estar pronto para se juntar ao PSB. Trouxe o recado do Deputado Federal Marcos Abrão (PPS), de que o processo de fusão se dará de forma tranquila e negociada. Com a fusão a nova sigla, que deverá se chamar PS40, passará a ser a terceira força política do Brasil, o que torna o partido uma excelente sigla para quem deseja se candidatar a vereador em 2016, principalmente com o iminente fim das coligações partidárias, através da reforma política que tramita no Congresso Nacional.

O time comandado pelo Presidente Antônio Reis traz uma composição bem distribuída, com representação dos diversos segmentos da sociedade valparaisense e possui um quadro de pré-candidatos a vereadores bastante vasto e forte, além de pelo menos 3 nomes para as eleições majoritárias de 2016.

Matéria no site O Guardião, do Jornalista Fred Gurgel, deu o tom da importância do PSB na composição da disputa eleitoral de 2016. Fred transmitiu um recado claro da preocupação de situação e oposição, quanto ao posicionamento que tomará o PSB. A pauta aliás ocupa local de destaque em todas as conversas políticas e o assédio aos líderes do PSB cresce a cada dia. Apesar disso, o PSB mantém sua posição de independência e declara que o momento é de seguir se fortalecendo, para somente no momento adequado e após concluída a fusão com o PPS, iniciar qualquer conversa sobre coligações partidárias.

O Presidente Antônio Reis foi enfático ao declarar que sua relação com o governo municipal independe do Partido. Aliás, lembrou que quando da disputa eleitoral que conduziu Lucimar à prefeitura em 2013, foi um dos principais parceiros. Ainda na eleição de 2008 foi o único líder a manter o apoio à então candidata Lucimar e ajudou a construir a condição necessária para que quatro anos mais tarde, pudessem derrotar Leda Borges. A secretaria municipal que ocupa é fruto da sua participação no processo eleitoral e não uma composição partidária. Prova disso é que permaneceu no governo, mesmo após o PPS, partido que presidia, decidir abandonar a base de apoio a Lucimar.

A adesão de nomes importantes da política local ao partido será destaque nas próximas semanas, ampliando ainda mais o poder de fogo do PSB, que promove uma revolução na forma como se pensa e faz política em Valparaíso. Dentre as adesões em negociação ou já confirmadas, estão autoridades eleitas que aguardam a abertura da janela da fusão com o PPS para se juntarem ao grupo. As negociações destes com o Presidente Reis e outros membros da Executiva estão avançadas e a vontade de unir forças dá o tom do surgimento de um movimento político jamais visto em Valparaíso.

O projeto do PSB não é uma luta por poder, mas uma proposta séria e enfática, que reúne nomes de peso e com diversas habilidades e competências, para juntos pensarem e desenvolverem um novo projeto para Valparaíso de Goiás. Muito além de disputar eleições, o novo PSB vai ser protagonista do surgimento de uma nova era em Valparaíso de Goiás, na qual a sociedade é convidada a participar e ajudar a construir um futuro mais participativo e democrático.

 

11134422_744751222308808_737234132_n

segunda logo

Anúncio Midia do Pão

 

0 917
O Partido Socialista Brasileiro – PSB apresentou sua nova Comissão Executiva no município de Valparaíso de Goiás, com promessa de um grupo forte para disputar as eleições 2016.
Composto por representantes de diversos segmentos da sociedade valparaisense, o grupo conta com o vice prefeito, o Secretário de Governo do município, ex vereadores, empresários, lideranças políticas, representantes dos movimentos de minorias, da juventude, da organização sindical e da imprensa.
 A atual composição do PSB Valparaíso de Goiás é resultado de um trabalho que começou ainda em 2014, quando foram iniciadas as negociações para a formação de um grupo político forte e focado em fazer a diferença no cenário político municipal. A escolha da sigla partidário levou em consideração as diretrizes do partido e o alinhamento destas com os interesses do grupo, que buscou construir uma agremiação sólida, independente e focada em desenvolvimento econômico e social para o município.
Há muito tempo já era oportuno e indispensável que um novo grupo surgisse, não só como opção, mas também como uma força equilibradora e capaz de disputar de igual para igual com os atuais grandes partidos municipais. O PSB é o partido que mais cresce no Brasil e em Valparaíso não será diferente. Arrojado, desafiador e organizado, o partido promete movimentar o quadro de filiações partidárias, inclusive com grandes nomes da política local já buscando espaço na legenda.
Mesmo antes do registro da Comissão Executiva as conversas nas rodas políticas de Valparaíso já davam conta da formação de um grupo muito forte para disputar as eleições municipais. As adesões previstas para as próximas semanas deverão colocar ainda mais lenha na fogueira e o partido pretende realizar uma grande frente de filiações, com vistas a se fortalecer ainda mais no cenário para 2016.
A composição mista do grupo o coloca em posição de destaque. Tendo conseguido atrair pessoas que historicamente participaram dos dois pólos partidários do município, o PSB Valparaíso está situado como um partido genuinamente independente. Livre de compromissos políticos com outros partidos e detendo em seus quadros nomes de peso para candidaturas, tanto para vereadores quanto para eleições majoritárias, a legenda deverá se focar em consolidar sua posição e se fortalecer ainda mais.
O PSB realizará no dia 23 de maio um evento de apresentação da nova Comissão Executiva, que contará com a presença de autoridades e lideranças.
11134422_744751222308808_737234132_n
cartão Midia do Pão Valparaiso (2)

0 1161
Por Danilo Silva Pinto

Por Danilo Silva Pinto

PPS de Valparaíso tenta encontrar um rumo após mudança de direção e pode acabar ofuscado por indefinições e falta de unidade. Ex Presidente Reis abre o jogo e fala para a sociedade sobre o caso:

Desde meados de 2014 conversas de corredores tentam definir o futuro do PPS – Partido Popular Socialista em Valparaíso de Goiás. Liderado nas últimas eleições municipais pelo então Presidente Antônio Reis, o partido seguiu rachado e ao final do primeiro semestre a presidência foi tomada pelo líder comunitário Vargas Alves, que teria formado um novo diretório, destituindo Reis da presidência.

Você-sabiaNo sábado 06 de dezembro o novo diretório do partido se reuniu na Câmara de Vereadores para discutir as diretrizes para 2016 e dentre as pautas, foi informado aos presentes que o PPS encaminhará correspondência à Prefeita Lucimar Conceição do Nascimento (PT), se desvinculando oficialmente da base aliada do governo e determinando que todos cargos de pessoas filiadas ao partido sejam entregues até 31 de dezembro de 2014, sob pena de serem os seus ocupantes expulsos da legenda.

Após publicação de matéria, dando conta destes fatos, o ex presidente do PPS, Antônio Reis, comentou uma matéria publicada em uma rede social, com os seguintes termos:

“Estou deveras preocupado com tal decisão, já que será tomada a nível Municipal. Será que os filiados do partido que são parceiros da gestão e que comigo construíram este governo querem essa decisão? Acho bom á executiva pensar bem e convocar o diretório se é que existe e os filiados para fazer uso do estatuto e realmente tomar a decisão correta.”

Gente InocenteReis comentou ainda:

“Sr. presidente Vargas Alves, não se preocupe comigo, não deixarei o governo que ajudei a conquistar seja qual for a sua decisão. Sou maior que o PPS de Valparaíso de Goiás e você ainda terá muitas barreiras a transpor se seguir a orientação destes que vêm a mando não sei de quem. Será que o Dep. Federal eleito Marcos Abraão e Senadora Lucia Vânia sabem disso?……”

Conversamos com Antônio Reis, que resolveu abrir o jogo e dizer o que pensa a respeito deste imbróglio:

Tribuna: Reis, qual sua visão acerca desta troca de comando no PPS?

Reis: Simples, Vaidade política do novo Presidente Regional na busca obrigatória de apoio para sua campanha e vingança por eu não ter querido dar o apoio imposto por ele ao PSDB.

Tribuna: Existe intenção de brigar pelo partido?

Reis: Não. Seria conviver sobre as perseguições e imposições de alguém que chegou agora na executiva estadual e vem com o comando de destruir o grupo que ganhou as eleições municipais e federal em Valparaiso e eu não me curvo a ísso.

Tribuna: Dentro do que sabe, qual a sustentação deste novo diretório, diante das executivas estadual e nacional?

Reis: Acredito que muito pouca, nós que revivemos o Partido no Estado fomos tratados assim, imagine alguém que foi conduzido à presidência de maneira irresponsável rasgando o Estatuto Partidário, Se bem os conheço, Roberto Freire e a Executiva Nacional não acolheriam tal decisão.

Tribuna: Pretende cumprir a ordem do PPS de deixar o governo?

Reis: De maneira nenhuma deixarei o que ajudei a construir, e tenho certeza que os companheiros que caminham no mesmo processo de Valparaiso também não deixarão, salvo alguns que levaram dinheiro para pedir voto e que não sei se receberam.

Tribuna: Fala-se em corrida eleitoral, com o PPS apresentando dois nomes para prefeito em 2016, o seu e o de Vargas. Como será esta disputa?

Reis: Não será, pois esta medida a ser tomada a nível Municipal deve ser em virtude da insegurança na construção do Companheiro Vargas em ter de discutir no diretório quem poderá ser o candidato. Vou deixar o caminho livre pois estou trabalhando não para uma candidatura e sim para a continuidade de um projeto construído por nós.

Tribuna: Como está a sua relação com a Prefeita Lucimar, que é candidata natural à reeleição e o abriga em seu governo, mesmo sendo um pré candidato a substituí-la?

Reis: Das melhores, tudo que discutimos é feito às claras como sempre foi. Existe respeito e confiança entre nós, de uma grandeza jamais conquistada dentro dos grupos políticos que estive desde a emancipação de Valparaíso. Reafirmo que o nosso compromisso maior é a reeleição da Prefeita Lucimar Conceição do Nascimento, mas nosso nome está à disposição de um grupo que ganhou as eleições e deu inicio ao inovador projeto de uma Valparaiso melhor.

Sou bastante conhecido na nossa cidade pela franqueza e fidelidade por onde passei e não pretendo mudar.

Diante destas declarações, Reis segue sua jornada, construindo um caminho alternativo para a Prefeitura. Nesta caminhada, segue lado-a-lado com a Prefeita Lucimar, a quem declara lealdade e confiança. Afirma ter a certeza de que “Reis segue sem PPS, mas sem saber ao certo o que será do PPS, dirigido de forma arbitrária como mencionara acima.”

Matrículas abertas!!!

Matrículas abertas!!!

FIQUE CONECTADO

post